Sexo seguro é responsabilidade de todos




O que é o HIV/VIH? E o que é a AIDS/SIDA?

O HIV/VIH (Vírus da Imunodeficiência Humana) é vírus que atinge o sistema imunológico/imunitário e que causa a SIDA/AIDS. SIDA é a sigla para Sindrome da Imunodeficiência Adquirida.

Em Inglês:

HIV = Human Immunodeficiency Virus

AIDS = Acquired Immunodeficiency Syndrome

Para ler mais sobre o Básico do HIV/VIH, visite: ACT Portugues

Quais os tipos de teste do HIV/VIH?

Há dois tipos de teste para detectar o HIV/VIH: nominal e anônimo. As diferenças são:

Nominal

Ao fazer o teste nominal através de um médico de família, hospital ou “walk-in clinic” é necessário apresentar o cartão do OHIP. O resultado do teste de HIV/VIH fica pronto em duas semanas e, caso seja positivo, o médico é obrigado a informar o Departamento de Saúde Pública.

Anônimo

O teste anônimo acontece em locais designados pelo Ministério da Saúde de Ontário. Não requer o cartão do OHIP, seguro privado ou documentos de imigração Canadense.

A maioria dos locais para fazer anônimo, oferecem o teste rápido. Somente você saberá o resultado, o qual fica pronto entre 15 e 20 minutos.

Caso o teste rápido seja positivo ao HIV/VIH, é solicitado o teste anônimo de anticorpos em laboratório de saúde pública para confirmar. Os resultados saem em até duas semanas.

Considere o Teste Anônimo

O teste anônimo utiliza um número ou código como identificação, no lugar do nome da pessoa ou do cartão de saúde do Ontário (OHIP). Quando faz-se o teste, ou ao receber o resultado, pode-se usar um nome fictício (diferente).

Como é feito o Teste do HIV/VIH?

O teste consiste na análise do sangue à procura de anticorpos que manifestam-se em contacto com o vírus HIV/VIH. Podem levar até 3 meses*, após expor-se ao vírus, para o teste acusar a presença dos anticorpos. Se o resultado do teste for positivo (“reactive” ou “positive” em inglês), confirma a presença de anticorpos e significa que a pessoa foi infectada pelo HIV/VIH.

(*)Leia abaixo sobre a “Janela Imunológica”.

O que o resultado revela?

O teste anônimo ou nominal somente confirmam a presença do vírus do HIV/VIH. Eles não indicam quando a pessoa foi infectada, qual o estado do sistema imunológico ou a possibilidade de avançar para AIDS/SIDA.

Quais as vantagens do teste anônimo?

Reduz a ansiedade, no caso de relações sexuais de alto risco (sem o uso do preservativo).
Confidencial. Somente você saberá o resultado do teste.
Não necessita do OHIP ou seguro de saúde privado para ser atendido.
Não necessita de documentos de imigração Canadense para ser atendido.
Atendimento gratuito. Sem custo!
Resultado rápido e confiável.
Acesso ao tratamento e prevenção de Doenças Sexualmente Transmissiveis (DST).
Acesso a serviço de aconselhamento antes e depois do teste.
Oportunidade para exclarecer dúvidas sobre HIV/VIH e saúde sexual com profissionais.
Adquirir mais informação para tomar decisões no futuro.
Contribui no combate a novas infecções e a propagação da AIDS/SIDA.
Quanto antes sabe-se o estado do HIV/VIH, melhor para tratar e baixar carga de viral.

Considere a “Janela Imunológica”

Janela Imunológica é o intervalo de tempo entre a infecção pelo vírus do HIV/VIH e a produção de anticorpos anti-HIV/VIH no sangue. Na maioria dos casos, a sorologia positiva é constatada entre 3 à 4 semanas após a exposição ao HIV/VIH.

Se o teste é feito durante o período da janela imunológica, há a possibilidade de apresentar um falso resultado negativo. Portanto, é recomendado esperar mais 30 dias e refazer o teste.

No período de janela imunológica, recomenda-se utilizar preservativo e não compartilhar seringas, pois caso esteja infectado, pode-se transmitir o HIV/VIH e hepatite C para outras pessoas.

Quem deve fazer o teste de HIV/VIH? E quando?

O teste do HIV/VIH não deve ser feito de forma indiscriminada e a todo momento. Recomenda-se que pessoas sexualmente ativas ou praticam sexo sem uso de presertivos, façam o teste do HIV/VIH. Além daquelas em situações de risco como:

• relação sexual anal ou vaginal sem o uso do preservativo

• compartilhamento de agulhas e seringas contaminadas

• de mãe para filho(a) durante amamentação e parto, se a mãe for positiva*

(*) Para informações sobre prevenção ao HIV/VIH para mulheres, visite: Shexchange

Somente o teste revela o que as aparências enganam

Não é possivel saber se uma pessoa tem o vírus somente pela aparência física. Muitas pessoas vivem com o vírus da AIDS/SIDA por muitos anos sem adoecer ou aparentar quaisquer sintoma. Somente o teste pode revelar se você ou parceiro(a) tem o vírus do HIV/VIH.

Posso perguntar seu ele(a) tem HIV/VIH?

Sim. É um direito seu perguntar ao parceiro(a) se ele(a) tem o vírus. Mesmo assim, há o risco da pessoa não ter certeza e transmitir o vírus do HIV/VIH sem saber. No Canada, acredita-se que 25% das pessoas que tem o vírus do HIV/VIH não o sabem, de acordo com estatisticas de 2011.

As leis canadenses obrigam as pessoas que vivem com o HIV/VIH a revelar o estado aos parceiros, antes da relação sexual. Mentir sobre o estado do HIV/VIH pode resultar em processo legal e até mesmo prisão, caso seja responsável pela infecção do parceiro(a). Esperar o parceiro revelar ou assumir o estado do HIV/VIH dele não é uma forma de diminur os riscos de infecção. Faça uso de técnicas seguras de redução de riscos, como o uso de preservativos.

Além de um dever legal e moral, convesar abertamente sobre o HIV/VIH contribui no controle e propagação, além da educação e combate ao estigma. Para informações sobre leis envolvendo HIV/VIH visite: Halco

Drogas recreativas tem relação com a transmissão e infecção do HIV/VIH?

Drogas não transmitem o vírus, contudo podem agir de forma a comprometer a habiliade de praticar sexo seguro. Se você faz o uso de substâncias, mantenha-se alerta aos cuidados a sua saúde e do parceiro(a).


    · Nunca compartilhe ou jogue uma seringa utilizada em qualquer lugar. A cidade de Toronto possui um centro para troca de seringas, chamado Needle Exchange Clinic. O serviço é gratuito e coordenado pelo Departamento de Saúde Pública da cidade.

    · O uso de drogas não acelera o processo de vir à ter AIDS/SIDA. Porém, podem comprometer a saúde e o controle da carga viral.

    · Os riscos de infecção do HIV/VIH são maiores em caso de sexo sem uso de preservativo e compartilhamento de seringas.


(*)Para saber mais sobre substâncias recreativas e redução de danos visite: TorontoVibe

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST) e reação com o HIV/VIH

Pessoas que vivem com o HIV/VIH, podem ter problemas significantes ao lidar com outras doenças sexualmente transmissíveis (DST), pois tais motivos:

    · mais difíceis de diagnosticar
    · mais difíceis de tratar
    · evoluir mais rápido, e
    · podem elevar a carga viral* do HIV/VIH da pessoa no sangue ou apenas no esperma e fluídos vaginais.

Pessoas que vivem com o HIV/VIH tem risco maior de desenvolver câncer vaginal e anal quando

infectada pelo Vírus do Papiloma Humano (VPH).

DST também aumentam a possiblidade de infecção a hepatite C e B e outras doenças.

Recomenda-se que pessoas que vivem com o HIV/VIH, utilizem preservativos em relações sexuais.

*Carga Viral (em inglês Viral Load). Leia mais sobre no webiste: actoronto.org/portugues

Fui exposto ao vírus do HIV/VIH, o que faço?

Procure um plantão médico em até 72 horas após a exposição ao vírus. Diga que precisa do PEP. Tudo o que você precisa saber sobre o PEP pode ser encontrado nesse link: Portugues PEP

Fica a dica!

Primeira dica: faça o teste e descubra seu estado do HIV/VIH.

Se o teste for positivo


    · Procure um médico para verificar a carga viral (a quantidade de vírus no sangue). Informe-se sobre os tratamentos disponíveis. No Canadá há medicamentos de qualidade e com menos efeitos colaterais.

    · Mantenha a carga viral indetectável com o uso de medicamentos anti-retroviral. Carga indetectável é bom para a sua saúde e dificulta de transmissão do vírus para o(a) parceiro(a)

    · Contacte os serviços de aconselhamento e de apoio. As pessoas reagem de formas diferentes ao resultado do teste de HIV/VIH. Profissionais qualificados ajudam a enfrentar o estresse.

    · Faça mudanças de hábitos para tornar sua vida mais saudável.

    · O uso de preservativos previne a transmissão do HIV/VIH ao parceiro(a), além de outras doenças sexualmente transmissíveis.

    · Converse com os profissionais do ACT para encaminhamentos e esclarecimentos de dúvidas.


Se o teste for negativo

    · Considere o uso de preservativos em todas as relações sexuais. Se não for possível, considere outras formas de prevenção.

    · Saiba como colocar o preservativo corretamente. (Preservativo Camisinha)

    · Não assuma o estado do HIV/VIH do parceiro(a) pela aparência fisica. Mesmo emocionalmente envolvido, converse sobre o assunto. Sugira o teste ao seu parceiro(a).

    · Não compartilhe vibradores ou objetos de penetração. Lave os objetos com água e sabão os objetos antes e depois de utilizá-los. Utilize preservativos no vibrador e objetos que compartilhar com outras pessoas.

    · Não compartilhe seringas utilizadas para injetar drogas, anabolizantes e/ou hormônios.